Problemas financeiros

Sete de Setembro, de Garanhuns, é excluído do Pernambucano da Série A2

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 22/08/2018 às 10:26
NOTÍCIA
Leitura:

Primeira partida do Sete de Setembro seria no Estádio Gigante do Agreste contra o Serrano
Foto: divulgação/Blog da Série A2

A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) decidiu excluir de forma administrativa o Sete de Setembro Esporte Clube, de Garanhuns, no Agreste, do Campeonato Pernambucano da Série A2.

De acordo com documento da federação, serão adotados os procedimentos para que nos jogos de todas as rodadas da primeira fase envolvendo o clube seja declarado e computado aos adversários o placar de 1x0. Ainda segundo a FPF, a exclusão do clube independe do julgamento pelo TJD-PE e das penalidades impostas pelo CBJD.

A primeira partida do Sete estava marcada para o próximo domingo (26), às 15h, no Estádio Marco Antônio Maciel (Gigante do Agreste), em Garanhuns, conta o Serrano.

Os jogadores não foram inscritos pelo clube após uma decisão do conselho do Sete para não participar da competição. O clube enfrenta problemas financeiros, mesmo com a comercialização de parte do estacionamento do Sete de Setembro.

Um dos diretores, Samuel Guedes, informou que a diretoria "fez de tudo" para manter a equipe no campeonato. "Ficamos sem recursos. Foi estipulado um valor, mas esse recurso nunca chegou, então fica inviável o clube participar", afirmou.

O treinador do time, Alexandre Lima, discorda das alegações do diretor e afirma que o clube deveria ter decidido com antecedência sobre a não participação da equipe no Campeonato, já que houve custos durante a preparação para a competição.

A crise enfrentada pelo Sete de Setembro inclui ainda pressão por parte de membros e torcedores para que a atual diretoria renuncie.

Mais Lidas