Saúde

Hospital São Sebastião, em Caruaru, será reinaugurado na sexta-feira

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 28/08/2018 às 10:26
NOTÍCIA
Leitura:

Hospital São Sebastião, em Caruaru, está fechado desde 2004
Foto: reprodução/TV Jornal

Fechado desde 2004, o Hospital São Sebastião, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, será inaugurado nesta sexta-feira (31), durante a campanha das eleições 2018. A informação foi confirmada na manhã desta terça-feira (28) pelo governador Paulo Câmara, durante debate da Rádio Jornal.

A assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde informou que os detalhes da inauguração serão divulgados em breve. Localizado na Avenida Agamenon Magalhães, no bairro Maurício de Nassau, o Hospital São Sebastião está fechado há 14 anos, desde que problemas estruturais foram identificados no ano de 2004.

Quando reinaugurada, a unidade de saúde servirá de retaguarda para o atendimento de urgência e emergência realizado pelo Hospital Regional do Agreste (HRA). O hospital deverá ser gerido por uma Organização Social.

Em entrevista à TV Jornal Interior, o membro do Conselho Gestor de Saúde Carlos Roberto informou que não há como inaugurar todo o hospital, já que faltam ser feitas uma série de intervenções. "Eles estão reabrindo porque tem uma ação do Ministério Público", afirmou.

Carlos Roberto ressaltou ainda que há uma necessidade muito grande que o hospital volte a funcionar e ofereça um bom serviço para a população.

Ação civil pública

No início do mês de agosto, o Ministério Público de Pernambuco ajuizou uma ação civil pública para que o Estado restabelecesse as atividades do São Sebastião e sanasse irregularidades no HRA.

Polêmicas

Há um ano, o São Sebastião foi alvo de divergências entre a Prefeitura de Caruaru e o Governo do Estado. A prefeita Raquel Lyra defendia a municipalização da unidade de saúde; já o Governo do Estado, que inicialmente apontava para a municipalização, mudou de ideia. Na ocasião, Raquel Lyra lamentou uma suposta decisão política do Governo.

Mais Lidas