Saúde

Frei Miguelinho é uma das cidades com pior índice de vacinação no Brasil

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 30/08/2018 às 10:05
NOTÍCIA
Leitura:

Reunião vai tratar sobre baixa cobertura vacinal contra poliomielite em Frei Miguelinho
Foto: arquivo/Agência Brasil

A cidade de Frei Miguelinho, no Agreste de Pernambuco, é uma das que constam em uma lista divulgada pelo Ministério da Saúde com indicação dos 312 municípios brasileiros com piores índices de vacinação. Uma reunião entre o Ministério Público Federal (MPF) e a Prefeitura de Frei Miguelinho será realizada nesta sexta-feira (31) em Caruaru, também no Agreste, para tratar sobre a baixa cobertura vacinal contra poliomielite no município.

A reunião será coordenada pelo procurador da República Luiz Antonio Amorim Silva. O objetivo do MPF é identificar a real situação vacinal do município, bem como as medidas que vêm sendo adotadas pela prefeitura para ampliar o número de crianças vacinadas contra a poliomielite. Também foram convidados para a reunião representantes da Secretaria Estadual de Saúde, Ministério da Saúde e Ministério Público.

Para o MPF, não vacinar é expor as crianças ao risco de doenças e morte, além de facilitar a introdução no País de doenças imunopreveníveis já eliminadas. Os municípios devem adotar medidas para aumentar a cobertura vacinal, como ampliação do horário de funcionamento das salas de vacinação, busca ativa de crianças que não estejam com a caderneta de vacinação em dia e observação rigorosa do Calendário Nacional de Vacinação, entre outras. O descumprimento destas medidas pelos órgãos públicos pode caracterizar ato de improbidade administrativa.

Outros municípios

Em Pernambuco, além de Frei Miguelinho, fazem parte da relação do Ministério da Saúde as cidades de Cortês, Palmares, Correntes e Jaboatão dos Guararapes. A situação destes municípios também está sendo apurada pelo MPF. A reportagem do NE10 Interior tentou contato com a prefeitura de Frei Miguelinho para um posicionamento oficial sobre o assunto, sem sucesso.

Já a Secretaria Municipal de Saúde do Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, entrou em contato com a reportagem para informar que "os dados do Ministério da Saúde quanto à cobertura vacinal do município contra a poliomielite foram publicados no último dia 3 de julho, período anterior ao início da campanha de vacinação, estando, portanto, completamente desatualizado, visto que, de acordo com informações disponibilizadas nesta quinta-feira (30) pelo DataSUS, departamento de informática do Sistema Único de Saúde, Jaboatão dos Guararapes ultrapassou a meta de 95%, tendo imunizado 35.423 crianças, público-alvo da campanha."

Em nota, a secretaria de Jaboatão ainda salientou que "a campanha de vacinação contra pólio no município do Jaboatão dos Guararapes se encerra nesta sexta-feira (31), e que, para atingir as expectativas da gestão, de chegar o mais próximo possível do índice de 100% de crianças vacinadas, foi implantada uma força-tarefa em todas os pontos de atendimento montados pela prefeitura."

Mais Lidas