Reportagem especial

Aumento no envolvimento de menores de idade na criminalidade preocupa

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 17/09/2018 às 14:41
NOTÍCIA
Leitura:

Os números mostram que houve um acréscimo de 59% nos casos de infrações desse tipo
Foto: reprodução/TV Jornal

O aumento no envolvimento de menores de idade na criminalidade é evidente. Os números mostram que houve um acréscimo de 59% nos casos de infrações desse tipo. De janeiro a junho desse ano foram apreendidos 129 jovens criminosos, no mesmo período do ano passado foram 81. Isso porque os bandidos se aproveitam pelo fato das leis para os menores de idade serem mais brandas, e eles terem alguns benefícios.

Outros menores que fazem parte dessa estatística também se envolvem em roubos ou furtos por causa do uso de drogas já que precisam pagar pelo entorpecente, outros crimes cometidos por menores ganharam repercussão na cidade como um no bairro Cidade Jardim, a câmera de segurança flagrou o momento em que 2 homens se aproximam de uma vítima para roubar a moto em que ele estava, os bandidos pegaram a moto e atiraram no homem mesmo sem ele ter reagido. Um deles era de menor de idade.

Até os 18 anos, o indivíduo não comete crime e sim, ato infracional a maioridade penal está estabelecida na constituição que afirma que menores de idade são inimputáveis e estão sujeitos a norma especial que é o estatuto da criança e do adolescente, que tem um caráter protetivo e pedagógico e que preza pela educação do jovem e não pela punição. Quando um menor de idade é pego praticando algum crime, ele fica detido por no máximo 45 dias que é o tempo do juiz da infância e juventude se posicionar sobre o caso.

Veja na reportagem especial do "Por Dentro", da TV Jornal Interior:

Mais Lidas