Cultura

Festival literário de Garanhuns trata da cultura indígena

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 17/10/2018 às 10:37
NOTÍCIA
Leitura:

Tema voltado para a cultura indígena será abordado durante o festival
Foto: divulgação/Prefeitura de Garanhuns

A quarta edição do Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns (Filig) começa nesta quinta-feira (18) e segue até o sábado (20). O evento conta com programação gratuita e tem a expectativa de receber 3 mil pessoas.

Filig conta com programação para os pequenos
Foto: divulgação/Prefeitura de Garanhuns

Com o tema "Um povo em forma de histórias", este ano o festival trata da cultura indígena, reconhecendo e reafirmando a existência dela. A curadoria é do escritor e ilustrador de histórias Luciano Pontes.

A programação conta com referências internacionais e nacionais, que trazem nas obras ou trajetórias histórias e traços indígenas. Nomes como Vanina Starkoff (Argentina), Yaguarê Yamã (Amazonas), Rita Carelli (São Paulo), Cristino Wapichana (Roraima) e Marilda Castanha (Belo Horizonte) estão incluídos.

Além deles, estarão presentes a Fada Magrinha, a Aldeia Fulni-ô, a Tropa do Balacobaco e os mediadores Stephany Metódio, Taynah de Brito Barra Nova e Lucas da Silva Castro.

As atividades do festival serão realizadas em dois polos durante os três dias: Mundaú e Aruá, ambos no bairro de Santo Antônio. O primeiro, no Parque Ruber Van Der Linden (Pau Pombo), recebe a exposição ILUSTRImagem, com as obras Fim da Fila, de Marcelo Pimentel, e Abaré, de Graça Lima. Também haverá leitura aberta, com mediações das 9h às 17h, atrações artísticas, como o espetáculo "O Espelho da Lua", feira de livros, conversas com autores e oficina Ferreira Costa de Percussão com a Fada Magrinha.

O segundo polo, Aurá, está localizado no Sesc da cidade, ao lado do Parque. Na Unidade, vão acontecer as ações formativas, como o Ateliês de Criação e de Narrativas Visuais, com a presença dos convidados para o compartilhamento de processos de desenvolvimento. As turmas infantis (3 a 12 anos) não precisam realizar inscrição. Já as adultas, com foco nos agentes de leitura, professores, estudantes de áreas relacionadas e ilustradores podem se inscrever pelo site.

O festival é realizado pelo Ministério da Cultura, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, idealizado pela Ferreira Costa e a Proa Cultural, com o apoio da Prefeitura de Garanhuns, do Serviço Social do Comércio (Sesc) Garanhuns e da Unidade Acadêmica de Garanhuns (UAG).

Confira a programação completa:

Quinta-feira (18/10):

9h às 17h | Polo Mundaú - Pau Pombo: exposição ILUSTRImagem

9h às 17h | Polo Mundaú - Pau Pombo: feira de livros

9h às 17h | Polo Mundaú - Pau Pombo: sessões Leitura Aberta

10h às 11h30 | Polo Mundaú - Pau Pombo: cerimônia de abertura (cafurna e toré com Aldeia Fulni-ô)

14h às 15h | Polo Mundaú - Pau Pombo: conversa com autor (Yaguarê Yamã e mediação de Stephany Metódio)

14h às 16h | Polo Aruá Sesc: Ateliê de Criação infantil (Cristino Wapichana)

14h às 16h | Polo Aruá Sesc: Ateliê de Criação (Marilda Castanha)

15h às 16h | Polo Mundaú - Pau Pombo: conversa com autor (Vanina Starkoff e mediação de Stephany Metódio)

16h30 | Polo Mundaú - Pau Pombo: espetáculo O Espelho da Lua (Tropa do Balacobaco)

18h às 21h | Polo Aruá Sesc: Ateliê Filig de Narrativas Visuais (Vanina Starkoff)

18h30 às 20h | Polo Mundaú - Pau Pombo: conversa A Infância na Cultura e na Literatura Tradicional e Contemporânea Indígena (Yaguarê Yamã e Rita Carelli e mediação de Lucas da Silva Castro)

Sexta-feira (19/10):

9h às 17h | Polo Mundaú - Pau Pombo: exposição ILUSTRImagem

9h às 17h | Polo Mundaú - Pau Pombo: feira de livros

9h às 17h | Polo Mundaú - Pau Pombo: sessões Leitura Aberta

9h às 11h | Polo Aruá Sesc: Ateliê de Criação infantil (Rita Carelli)

10h às 11h | Polo Mundaú - Pau Pombo: conversa com autora (Marilda Castanha e mediação de Stephany Metódio)

11h às 12h | Polo Mundaú - Pau Pombo: apresentação cultural com Aldeia Fulni-ô

14h às 15h | Polo Mundaú - Pau Pombo: conversa com autora (Rita Carelli e mediação de Stephany Metódio)

14h às 16h | Polo Aruá Sesc: Ateliê da Criação infantil (Vanina Starkoff)

14h às 16h | Polo Aruá Sesc: Ateliê da Criação (Yaguarê Yamã)

16h30 | Polo Mundaú - Pau Pombo: espetáculo O Espelho da Lua (Tropa do Balacobaco)

18h às 21h | Polo Aruá Sesc: Ateliê Filig de Narrativas Visuais (Marilda Castanha)

18h30 às 20h | Polo Mundaú - Pau Pombo: conversa A vez e a voz da cultura indígena na literatura para a infância brasileira (Yaguarê Yamã e Cristino Wapichana e mediação de Taynah de Brito Barra Nova)

Sábado (20/10):

9h às 17h | Polo Mundaú - Pau Pombo: exposição ILUSTRImagem

9h às 17h | Polo Mundaú - Pau Pombo: feira de livros

9h às 17h | Polo Mundaú - Pau Pombo: sessões Leitura Aberta

9h às 11h | Polo Aruá Sesc: Ateliê de Criação infantil (Yaguarê Yamã)

9h às 11h | Polo Aruá Sesc: Ateliê de Criação (Rita Carelli)

10h às 11h | Polo Mundaú - Pau Pombo: conversa com autor (Cristino Wapichana e mediação de Stephany Metódio)

10h às 11h | Polo Mundaú - Pau Pombo: Oficina Ferreira Costa de Percussão - construção de Maraca ( Fada Magrinha)

11h | Polo Mundaú - Pau Pombo: apresentação cultural (Fada Magrinha)

14h às 16h | Polo Aruá Sesc: Ateliê da Criação infantil (Marilda Castanha)

14h às 16h | Polo Aruá Sesc: Ateliê da Criação (Vanina Starkoff)

16h | Polo Mundaú - Pau Pombo: apresentação cultural (Fada Magrinha)

Mais Lidas