São Bento do Una

Mãe faz campanha para custear tratamento de criança com AME

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 18/10/2018 às 14:26
NOTÍCIA
Leitura:

Anna Laura de Azevedo Freitas, 9 meses, foi diagnosticada com AME
Foto: arquivo pessoal

Uma campanha para custear o tratamento da menina Anna Laura de Azevedo Freitas, 9 meses, que foi diagnosticada com Atrofia Muscular Espinhal (AME) tipo 1, foi iniciada pela mãe, Angélica Melo de Freitas, na cidade de São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco.

Segundo informações repassadas pela mãe, os médicos já suspeitavam da patologia desde os cinco meses de vida de Anna Laura. A menina está internada no Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru, no Agreste, desde terça-feira (16). A mãe relatou que Anna Laura só poderá receber alta médica se uma espécie de mini Unidade de Terapia Intensiva (UTI) for instalada na residência dela, para suprir todas as necessidades da criança.

Angélica falou sobre a gravidade da doença da filha. "Ela tem dificuldade de respirar e também de deglutir, precisa usar respirador 24 horas por dia e agora teve que colocar sonda para se alimentar melhor. Hoje Laura se encontra internada na UTI o estado dela é muito grave. Ajudem-me a manter o sorriso de minha filha, que é lindo", disse.

O objetivo da campanha é arrecadar fundos para a compra de aparelhos médicos que facilitarão a vida de Anna Laura e principalmente garantir a aquisição da vacina Spinraza, um medicamento usado para tratar os casos de AME. A vacina Spinraza ainda aguarda aprovação da Anvisa no Brasil, mas já é vendida de forma legal nos Estados Unidos.

De acordo com a mãe da criança, neste primeiro ano de tratamento serão necessárias seis doses da vacina. Nos anos seguintes, serão quatro doses. Angélica relatou que cada dose do medicamento custa em torno de R$ 372 mil. Uma conta bancária foi criada em nome da criança para o custeio do tratamento. Uma espécie de conta virtual também foi criada para ajuda da compra de aparelhos médicos.

 

Mais Lidas