Violência

Dois homens são presos suspeitos de latrocínio em Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 23/10/2018 às 8:31
NOTÍCIA
Leitura:

Manoel Marcolino da Silva Filho, 59 anos, foi encontrado morto dentro de casa
Foto: Rebeca Nunes/TV Jornal Interior

Dois homens foram presos nessa segunda-feira (22) suspeitos de cometerem um homicídio no início do mês no bairro Centenário, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Josias Amaro da Silva, 31 anos, e Vinícius André Pacheco de Souza, 19, foram presos em cumprimento a um mandado de prisão preventiva.

De acordo com o delegado Márcio George, a dupla responderá pelo crime de latrocínio. "Eles confessaram que fizeram o uso de crack, mas negaram envolvimento na morte. Mas todos os indícios dão conta de que eles participaram desse latrocínio, e depois que mataram a vítima tentaram vender a televisão dela para populares", contou o delegado.

Os suspeitos foram levados para a Penitenciária Juiz Plácido de Souza e estão à disposição da Justiça. Josias já havia sido preso por furtos e roubos. Já Vinícius não tinha antecedentes criminais.

Relembre o caso

Manoel Marcolino da Silva Filho, 59 anos, foi encontrado morto dentro da casa dele no dia 1º de outubro na Rua Maria Emília, no bairro Centenário. Colegas e vizinhos ficaram preocupados depois que ele não apareceu para trabalhar e foram até a residência, onde o encontraram já sem vida. De acordo com a Polícia Civil, o quarto foi encontrado revirado.

Mais Lidas