Estudantes

Exposição em Caruaru mostra resiliência da comunidade Quilombola

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 24/10/2018 às 10:51
NOTÍCIA
Leitura:

Na exposição, os estudantes buscaram registrar o cotidiano de uma das comunidades quilombolas mais tradicionais de Pernambuco: Castainho
Foto: divulgação

Os estudantes da Asces-Unita, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, realizam até a próxima segunda-feira (29) a III Exposição Novos Olhares que terá como tema deste ano a "Resiliência Quilombola". A mostra faz parte da grade curricular dos alunos, e é a realização de um trabalho interdisciplinar composto pelas disciplinas de Fotojornalismo e Comunicação e Cultura.

Na exposição, os estudantes buscaram registrar o cotidiano de uma das comunidades quilombolas mais tradicionais de Pernambuco: Castainho. A comunidade fica na zona rural do município de Garanhuns, no Agreste, e figura como símbolo de resistência à opressão histórica. O trabalho tem como proposta representar através da linguagem fotográfica, o conceito de resiliência e de como as condições adversas podem se fortalecer e até mesmo se transformar.

De acordo com o professor Diógenes Barbosa, um dos responsáveis pelo trabalho, a exposição pretende ressaltar a capacidade de fortalecimento daquele povo e aproximar os estudantes dessa realidade. "O trabalho busca representar, através da linguagem fotográfica, o conceito de resiliência. Como resultado, foi possível garantir uma imersão dos estudantes na realidade quilombola e um melhor reconhecimento sobre questões históricas e culturais", afirmou.

A exposição está sendo realizada no Memorial da Cidade de Caruaru e é aberta ao público.

Mais Lidas