Inquérito policial

Polícia investiga mãe que tentou vender bebê por R$ 2 mil em Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 14/11/2018 às 7:56
NOTÍCIA
Leitura:

Bebê de 23 dias foi levado para abrigo municipal
Foto: divulgação/Polícia Militar
Crianças estavam sozinhas em casa sem condições de higiene
Foto: divulgação/Polícia Militar

Um bebê prematuro de 23 dias e a irmã dele, de dois anos, foram afastados da mãe em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, a mulher é usuária de drogas e chegou a tentar vender o bebê por R$ 2 mil.

As crianças foram achadas sozinhas dentro de uma residência em uma localidade conhecida como Favela do Cagepe.

Policiais militares do Core e membros do Conselho Tutelar cumpriram o mandado de afastamento do convívio familiar. As crianças foram levadas para o abrigo municipal e acolhidas pelo Conselho Tutelar.

De acordo com o delegado Bruno Vital, era comum a mulher deixar as crianças sozinhas em casa para consumir entorpecentes. Ela não foi localizada.

Policiais do Core cumpriram mandado
Foto: divulgação/Polícia Militar
"As crianças estavam completamente sozinhas num lar totalmente degradado, sem higiene alguma e sem alimentação", lamentou o delegado. Um inquérito policial foi instaurado para apurar o crime de abandono de incapaz.

Mais Lidas