Mandados de prisão

Foragidos da operação Garanhuns Verde são presos com fuzil e drogas

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 20/11/2018 às 11:22
NOTÍCIA
Leitura:

Fuzil e outras armas, além de drogas, foram encontrados com os suspeitos
Foto: divulgação

Três pessoas foram presas nessa segunda-feira (19) com um fuzil, outras armas e drogas na zona rural de Caetés, no Agreste de Pernambuco. Duas delas eram foragidas da operação "Garanhuns Verde", realizada em outubro de 2017 pela Polícia Civil na Cidade das Flores.

De acordo com a Polícia Civil, inicialmente a polícia identificou um carro suspeito enquanto seguia para cumprir os mandados de prisão. Valdinez Santos Cunha estava com documentos falsos e chegou a jogar o carro contra a viatura. Ele ainda ofereceu R$ 30 mil aos policiais para não ser preso. O homem foi autuado por resistência, uso de documento falso e corrupção ativa.

Após a prisão do primeiro homem, a polícia encontrou José Jhones Teixeira de Azevedo e Adja Clécia Baia de Araújo em uma residência na zona rural de Caetés. No local, foram encontrados um fuzil calibre .556, 720 munições de fuzil calibre .556, duas pistolas calibre .380, um revólver calibre .38, um bloqueador de sinal GPS, uma balança de precisão, dois quilos de maconha e um quilo de cocaína. Os presos foram levados para a 22ª Delegacia de Homicídios de Garanhuns.

Mais Lidas