Crime militar

Cabo da PM é preso com animais silvestres no Agreste

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 26/11/2018 às 11:01
NOTÍCIA
Leitura:

Policial estava com pássaros apreendidos irregularmente
Foto: divulgação/PM

Um cabo da Polícia Militar foi detido na manhã desse domingo (25) na PE-95 entre os municípios de Limoeiro e Passira, no Agreste de Pernambuco.

De acordo com a Polícia Militar, o policial teria passado em residências da região supostamente para apreender os animais. Ele teria se apresentado como policial lotado na Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma).

O suspeito foi localizado e flagrado com os animais dentro de um carro particular. Ele estava fardado e utilizava colete à prova de balas, mas não portava arma. O policial não resistiu à abordagem.

Dentro do veículo foram apreendidos seis munições, R$ 322 em espécie, além de cinco canários, quatro papas-capim, um bigode, um chorão, um caboclinho, um curió e um galo de campina. Ele foi apresentado na Delegacia Regional de Limoeiro e autuado em flagrante por receptação passiva.

O policial foi reconhecido por testemunhas, que alegaram ainda que o cabo exigiu uma taxa no valor de R$ 50. O suspeito também responderá por crime militar. Ele foi levado para o Centro de Reeducação Militar (Creed), no Recife. Já os pássaros foram levados ao Ibama.

Mais Lidas