Secretaria de Saúde

PF deflagra operação para combater desvio de recursos em Salgueiro

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 28/11/2018 às 9:54
NOTÍCIA
Leitura:

Alguns mandados foram cumpridos na Prefeitura de Salgueiro
Foto: Blog Sertão Central

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal deflagraram na manhã desta quarta-feira (28) a operação Solaris, com o objetivo de combater um suposto desvio de recursos públicos na Secretaria de Saúde da Prefeitura de Salgueiro, no Sertão de Pernambuco. As investigações duraram cinco meses e têm como alvo a gestão municipal passada.

De acordo com a Polícia Federal, foi identificado um esquema de corrupção envolvendo ex-servidores e uma empresa contratada para fornecer hospedagem e alimentação dos pacientes enviados pela prefeitura dentro do programa Tratamento Fora do Domicílio, que estariam sendo desviados do fundo municipal de saúde para fins ilícitos. O nome da operação, em latim, faz referência à empresa.

Durante a operação, que começou às 6h desta quarta, estão sendo cumpridos oito mandados de busca e apreensão, sendo quatro em Salgueiro (dois na prefeitura e dois nos bairros Nossa Senhora das Graças e Divino Espírito Santo); três no Recife (um no bairro de Santo Amaro e dois na Boa Vista) e um em Olinda, no bairro de Casa Caiada). O objetivo é apreender documentos relativos à contratação e pagamentos prestados ao programa TFD, além de planilhas de controles de hospedagem e transporte.

Trinta e seis policiais federais participam da ação. Os crimes que estão sendo investigados são os de associação criminosa, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva e corrupção ativa. Somadas, as penas destes crimes ultrapassam 30 anos de reclusão. A Polícia Federal informou que o valor do prejuízo aos cofres públicos ainda está sendo levantado.

A PF divulgou algumas imagens da operação. Confira:

Mais Lidas