Fórum

Júri dos Canibais de Garanhuns será nesta sexta-feira

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 14/12/2018 às 10:50
NOTÍCIA
Leitura:

Canibais de Garanhuns já foram condenados em outra ação
Foto: divulgação/TJPE

O julgamento de Jorge Beltrão Negromonte da Silveira, Isabel Cristina Pires da Silveira e Bruna Cristina Oliveira da Silva é realizado nesta sexta-feira (14) na 1ª Vara do Tribunal do Júri da Capital, no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, Ilha Joana Bezerra, no Recife. O julgamento seria realizado no dia 23 de novembro, mas foi adiado.

Os réus são acusados pelas mortes de Alexandra da Silva Falcão, 20 anos, e Gisele Helena da Silva, 31 anos, no município de Garanhuns, no Agreste pernambucano. A sessão do Júri será presidida pelo juiz Ernesto Bezerra Cavalcanti.

Os "Canibais de Garanhuns", como ficaram conhecidos, são julgados por duplo homicídio triplamente qualificado e pelos crimes de ocultação e vilipêndio de cadáver e de furto qualificado. Jorge Beltrão Negromonte da Silveira e Bruna Cristina Oliveira da Silva respondem ainda por estelionato. Bruna será julgada também pelo crime de falsa identidade.

No início da sessão, haverá a escolha dos sete jurados para compor o Conselho de Sentença. Para o julgamento, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) solicitou a ouvida do delegado Wesley Fernandes Oliveira, que investigou o caso em Garanhuns. Após a oitiva da testemunha, segue a fase de interrogatório dos réus. Em seguida, haverá o debate entre o promotoria e a defesa. Cada um tem até duas horas e meia para expor seus argumentos. Na sequência, poderá haver a réplica para o promotoria, que dura até duas horas, e a tréplica para a defesa, com a mesma duração. E depois, o subsequente julgamento pelo Conselho de Sentença.

Segundo a denúncia do MPPE, as duas vítimas foram atraídas para a residência dos acusados, em datas diferentes, sob falsos pretextos. Elas foram mortas por arma branca e esquartejadas. Parte dos restos mortais delas foram consumidos pelos réus.

Mais Lidas