Xenofobia

Túlio Gadêlha: Frota ainda não se deu conta da função que vai exercer

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 28/12/2018 às 14:39
NOTÍCIA
Leitura:

Túlio Gadêlha entrou com representação contra Alexandre Frota
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem

O deputado federal eleito por Pernambuco Túlio Gadêlha (PDT) disse nesta sexta-feira (28) em entrevista à Rádio Jornal Caruaru que o também deputado eleito Alexandre Frota, do PSL de São Paulo, ainda não se deu conta da função que ele vai exercer a partir de 2019.

"Ele sempre teve histórico de envolvimento em escândalos e agora representa milhares de pessoas que confiaram o voto [nele]", afirmou. No início da semana, Frota respondeu a um usuário do Twitter de forma pejorativa com a frase "Só podia ser de Pernambuco".

A atitude xenofóbica fez com que Túlio Gadêlha entrasse com uma representação junto ao Ministério Público e uma interpelação judicial contra Alexandre Frota, pedindo explicações em juízo sobre o caso.

"A gente está vivendo uma política extremamente polarizada, esse tipo de atitude de xenofobia joga um contra o outro", alegou Túlio. Segundo ele, a declaração de Frota fez com que nordestinos e pessoas do Sudeste em geral entrassem em conflito nas redes sociais.

Na entrevista, Túlio Gadêlha ainda falou sobre a expectativa para a gestão na Câmara Federal e criticou a forma com que o PDT vem sendo conduzido no Estado pelo deputado federal Wolney Queiroz. "Partidariamente é uma pessoa muito difícil de lidar", opinou. De acordo com ele, nos últimos cinco anos, o partido só teria se reunido duas vezes.

Ouça a íntegra da entrevista:

Mais Lidas