Crime

Corpo de frade capuchinho assassinado em Caruaru é sepultado

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 03/01/2019 às 15:03
NOTÍCIA
Leitura:

Velório e sepultamento foram realizados no Cemitério Parque dos Arcos
Foto: reprodução/TV Jornal

O corpo do frade capuchinho que foi assassinado no Parque 18 de Maio, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, foi velado e sepultado na manhã desta quinta-feira (3) no Cemitério Parque dos Arcos.

Anderson da Silva Sobral, 32 anos, estava há uma semana de férias na casa de uma tia. Ele estudava na Universidade Católica, no Recife. O corpo dele foi encontrado na madrugada dessa terça-feira (2) no Parque 18 de Maio e apresentava marcas de facadas.

Segundo o delegado Márcio George, que investiga o caso, a suspeita é de que se trate de um latrocínio, já que a vítima não estava com carteira nem dinheiro.

"Os indícios encontrados no local levam a crer que possivelmente a vítima estava tendo relação sexual com alguém quando foi vítima de latrocínio", afirmou o delegado.

Veja na reportagem do "Por Dentro", da TV Jornal Interior:

Mais Lidas