CRIME

Homem é preso após matar travesti e guardar coração em Campinas

Giliard
Giliard
Publicado em 23/01/2019 às 17:53
NOTÍCIA
Leitura:

Um homem foi preso, nessa segunda-feira (21), depois que confessou ter matado uma travesti e guardado o coração dela em casa, na cidade de Campinas, em São Paulo.
Foto:

Um homem foi preso, nessa segunda-feira (21), depois que confessou ter matado uma travesti e guardado o coração dela em casa, na cidade de Campinas, em São Paulo. De acordo com a Polícia Militar, Caio Santos de Oliveira, de 20 anos, disse que havia conhecido a vítima de 35 anos na noite anterior ao crime e admitiu ter tido relação sexual com ela.

Caio contou para a polícia, que durante a relação sexual, teria tido uma orientação divina e usou uma garrafa de vidro para matar a travesti. na fuga, ele teria também levado pertences do local do crime.

A prisão

Ainda segundo a Polícia Militar, Caio agiu de forma suspeita ao avistar uma viatura e, no momento da abordagem em um comércio, forneceu dados pessoais falsos. O suspeito acabou confessando o crime e levando o efetivo até o local onde estava o corpo da travesti, com o tórax aberto e uma imagem de santo sobre ele.

Ao ser questionado sobre o coração, ele afirmou que havia guardado. Segundo policiais do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep), o órgão foi encontrado enrolado em um pano debaixo do guarda-roupas do suspeito.

Via TV Jornal

Mais Lidas