Saúde

Local onde deveria funcionar UPA de Gravatá está abandonado

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 23/01/2019 às 14:15
NOTÍCIA
Leitura:

Imóvel serve como esconderijo para criminosos, ponto de consumo de drogas e banheiro para os moradores de rua
Foto: reprodução/TV Jornal

O prédio onde deveria funcionar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Gravatá, no Agreste de Pernambuco, está abandonado. Por causa disto, o imóvel serve como esconderijo para criminosos, ponto de consumo de drogas e banheiro para os moradores de rua.

Veja na reportagem do "TV Jornal Manhã", da TV Jornal Interior:

A Prefeitura de Gravatá informou por meio de nota que existe cerca de R$ 420 mil na conta de investimento aberta pelo Ministério da Saúde para recebimento dos repasses para a construção de uma UPA porte 1 no município.

A prefeitura explica que o saldo encontra-se em aplicação e não foi movimentado para nenhuma finalidade por se tratar de um recurso federal de uma obra inacabada, que aguarda habilitação junto ao ministério para mudança de finalidade.

Mais Lidas