Caruaru

Vereador sugere plebiscito para que população decida sobre o futuro da Feira da Sulanca

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 06/02/2019 às 8:06
NOTÍCIA
Leitura:

Pesquisa está sendo feita na Feira da Sulanca, em Caruaru
Foto: divulgação/Rafael Lima/Prefeitura de Caruaru

O vereador Marcelo Gomes (PSB) propôs na primeira sessão do ano da Câmara Municipal de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, nessa terça-feira (5), que a prefeitura realize um plebiscito para que os moradores da cidade decidam sobre o futuro da Feira da Sulanca.

A declaração vem após a prefeitura divulgar que está realizando uma nova pesquisa, com o custo de mais de R$ 350 mil, na feira. Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico e Economia Criativa, João Melo, o levantamento é quantitativo e qualitativo e deve entender os desejos dos feirantes para o espaço.

A expectativa da prefeitura é de que a pesquisa demonstre a viabilidade financeira, social e econômica do novo projeto da feira. Outras gestões municipais já realizaram pesquisas no Parque 18 de Maio. Durante a campanha eleitoral de 2016, a prefeita Raquel Lyra disse que a feira seria organizada e depois transferida sem custo para os sulanqueiros.

Vereador Marcelo Gomes propôs plebiscito
Foto: divulgação/Câmara de Caruaru

"Não cabe mais a prefeitura gastar dinheiro público com consultoria e com pesquisas. A Feira da Sulanca é do povo de Caruaru e nada mais justo do que um plebiscito para refletir a vontade popular sobre a permanência ou transferência", argumentou o vereador.

Barragem de Jucazinho

Durante a sessão, o parlamentar sugeriu ainda a criação de uma Comissão Especial para acompanhar a situação da Barragem de Jucazinho, manancial que tem a capacidade de acumular 323 milhões de metros cúbicos de água, localizado no município de Surubim, e que apresenta problemas na estrutura.

Marcelo Gomes defendeu uma visita ao Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), do Governo Federal, e à Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos do Estado para obter mais detalhes sobre a situação.

"Jucazinho está em colapso, mas depois da tragédia de Brumadinho, todo mundo ficou apreensivo com esse gigante adormecido que está bem ao nosso lado. É preciso esclarecer a população sobre a real situação", disse o vereador.

Mais Lidas