Crime

Três homens são presos suspeitos de assaltar Correios de Orobó

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 28/02/2019 às 8:47
NOTÍCIA
Leitura:

Trio estava com R$ 45 mil em dinheiro
Foto: divulgação/Polícia Federal

Três homens foram presos nessa quarta-feira (27) suspeitos de assaltar a agência dos Correios de Orobó, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Federal, o auxiliar de cozinha Roberval Brasil dos Santos, 25 anos, o auxiliar de serviços gerais Adriano Bezerra de Freitas, 29, e o ambulante Matheus Henrique da Silva, 19, todos com antecedentes criminais, assaltaram a agência e fugiam em direção a Bom Jardim, também no Agreste, e foram abordados por equipes da Polícia Militar na localidade de Poço Fundo.

Material apreendido com os suspeitos
Foto: divulgação/Polícia Federal

Os policiais ordenaram que os homens saíssem do carro com as mãos para cima, mas dois deles correram apontando revólveres para o efetivo e tentaram fugir. Segundo a PF, os criminosos chegaram a atirar contra a viatura e quase atingiram um veículo que passava pela estrada. Adriano tentou pular uma cerca e caiu, e foi capturado. Ele estava com uma bolsa com R$ 45 mil e chegou a tentar oferecer dinheiro aos policiais para ser liberado.

Matheus, que estava dirigindo o carro, tentou enganar os policiais dizendo que havia sido feito refém pelos assaltantes, mas logo depois puxou uma arma e correu. Ele invadiu uma residência e foi preso no local. Já Roberval foi encontrado dentro de uma escola, na sala dos professores. Cada um estava com um revólver calibre 38 com munições. Um deles utilizava tornozeleira eletrônica.

Um dos suspeitos utilizava tornozeleira eletrônica
Foto: divulgação/Polícia Federal

Além das armas e do carro, que tinha registro de roubo, a polícia apreendeu oito celulares, um colete à prova de balas, mais de R$ 45 mil em cédulas e moedas. A Polícia Federal começou as investigações ouvindo testemunhas e verificando imagens do circuito interno de câmeras. Um inquérito foi instaurado para apurar o caso. Nos interrogatórios, os presos admitiram a participação no crime e disseram que a escolha dos Correios de Orobó foi aleatória.

Autuados em flagrante

O trio foi levado para a sede da PF no Recife, onde foram autuados em flagrante por roubo qualificado mediante concurso de duas ou mais pessoas. Caso sejam condenados, eles podem pegar penas que variam de dois a 14 anos de reclusão, além de multa. Eles foram encaminhados para audiência de custódia. Se a prisão preventiva for confirmada, os suspeitos serão levados para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel).

Mais Lidas