Oportunidade

Jovem que pediu emprego no sinal consegue trabalho em Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 08/03/2019 às 8:54
NOTÍCIA
Leitura:

Mikael Silva, 18 anos, conseguiu emprego após foto dele viralizar
Foto: reprodução/TV Jornal Interior

Um jovem de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, conseguiu um emprego após uma foto dele pedindo trabalho na Avenida Agamenon Magalhães, no bairro Maurício de Nassau, viralizar nas redes sociais. Mikael Silva, 18 anos, é morador do Residencial Alto do Moura, do programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal, e saiu de lá até um dos cruzamentos de uma das principais avenidas da cidade, a 9 quilômetros de distância, para tentar a sorte.

"Preciso de um trabalho, eu não sei mais o que fazer", dizia o cartaz escrito pelo jovem, que continha ainda dois números de telefone. A imagem viralizou nas redes sociais, já que quem não podia oferecer um emprego para ele decidiu ajudar compartilhando a imagem. Ele tentava uma oportunidade há dois anos e deixou o currículo em várias empresas, mas recebeu vários "nãos". O jovem chegou a tentar vender doces, mas também não deu certo. "Eu nunca tinha coragem de chegar em uma pessoa. Eu sou uma pessoa muito vergonhosa", contou.

No fim do dia, a oportunidade apareceu: um empresário dono de uma pizzaria se sensibilizou com a história e marcou uma entrevista de emprego para Mikael. Ele passou na entrevista e agora passará por um período de experiência no estabelecimento como auxiliar de cozinha. Mikael agora tem a esperança de conseguir realizar o sonho de morar no exterior. "Se Deus quiser, vou realizar meu sonho", afirmou.

O que também motivou o jovem foi ajudar a mãe nas despesas domésticas. Ela ficou emocionada depois que o filho chegou em casa com a boa notícia. "Eu agradeço a todos e a Deus por ter ajudado meu filho. Estou muito orgulhosa dele, muito feliz", disse.

Ao ver a foto nas redes sociais, o pai de Mikael, que não mora com ele há oito anos, também ficou surpreso e foi até a casa em que o jovem mora com a mãe. "Eu cheguei de serviço e vim preocupado que ele estivesse precisando de comida, alguma coisa", afirmou. Ao saber que o jovem estava atrás de um emprego para ajudar a mãe, ele ficou feliz.

Veja na reportagem do "TV Jornal Manhã", da TV Jornal Interior:

Mais Lidas