Evento cultural

Projeto Viva Vitalino é discutido na Câmara de Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 13/03/2019 às 9:26
NOTÍCIA
Leitura:

Vereadores e responsáveis pelo evento participaram da sessão
Foto: Vladimir Barreto Rodrigues/divulgação/Câmara de Caruaru

A 6ª edição do Viva Vitalino foi discutida na sessão dessa terça-feira (12) na Câmara Municipal de Caruaru, no Agreste de Pernambuco. O evento, que homenageia o mestre do barro Vitalino e celebra outras personalidades da cultura da cidade, corre o risco de não acontecer este ano por falta de apoio financeiro.

Em 2019, o evento está previsto para acontecer no dia 28 de julho. O idealizador e coordenador do projeto, Antônio Prego, participou da sessão e contou que o projeto começou a ser estruturado há 40 anos, inspirado na peça "O Alto das Sete Luas de Barro", de Vital Santos, que retrata a história e o legado de Vitalino. "É muito difícil fazer cultura, é muito difícil se fazer arte", lamentou, em discurso na tribuna da Casa.

Participaram ainda da reunião o secretário de Governo do município e presidente da Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, Rubens Júnior, que garantiu o apoio da prefeitura ao evento; a titular do Fórum Setorial de Agentes Culturais, Carmem Valeria Saboia; artesões e produtores culturais do Conselho Municipal de Política Cultural de Caruaru, o assessor de artesanato da secretaria de Cultura de Caruaru, Breno Nascimento, entre outros.

Mais Lidas