Ex-presidente da Câmara

Vereador de Floresta é assassinado a tiros; polícia investiga

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 18/03/2019 às 7:58
NOTÍCIA
Leitura:

Beto Souza (PSDB) já foi presidente da Câmara Municipal de Floresta
Foto: divulgação

A Polícia Civil de Floresta, no Sertão de Pernambuco, irá investigar o assassinato do vereador e ex-presidente da Câmara Municipal Alberto Carlos de Souza, 51 anos, do PSDB.

Beto Souza, como era conhecido, foi morto na tarde desse domingo (17). De acordo com a polícia, ele estava na zona rural do município quando parou para falar com uma pessoa e foi surpreendido pelos criminosos.

Os homens atiraram contra o vereador, que não resistiu aos ferimentos e faleceu. Além de Beto Souza, outra pessoa foi baleada e socorrida para o hospital da cidade. O estado de saúde não foi informado. Ainda não se sabe o que motivou o crime.

Por meio de nota, a Câmara de Vereadores lamentou a morte do vereador e informou que ele era viúvo e deixou dois filhos. A Câmara decretou luto oficial de três dias em Floresta. "Nossos pêsames aos familiares e amigos", diz o texto.

A prefeitura também decretou luto oficial de três dias. "A Prefeitura Municipal de Floresta, em nome do Prefeito Ricardo Ferraz e todos os seus funcionários, externa o seu profundo pesar pelo falecimento do Vereador e Ex-Presidente da Câmara Municipal de Floresta Beto Souza, com os votos que o mesmo seja acolhido na Casa do Pai Maior", registra a nota.

Mais Lidas