Investigação

Delegado identificou pessoa na Bahia envolvida em golpe contra alunos de Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 20/03/2019 às 14:38
NOTÍCIA
Leitura:

Estudantes conseguiram direito de voltar a assistir aulas
Foto: reprodução/TV Jornal Interior

O delegado Thiago Henrique disse nesta quarta-feira (20) à TV Jornal Interior que o esquema de um golpe praticado contra estudantes de uma faculdade particular de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, envolve estelionatários profissionais de outros estados.

De acordo com ele, foi identificada uma conta bancária do Rio Grande do Sul e uma pessoa na Bahia suspeita de envolvimento. O elo da quadrilha na Capital do Agreste eram seis estudantes e um funcionário da faculdade.

A partir de um recurso administrativo, os estudantes da faculdade que foram vítimas do golpe conseguiram o direito de continuar assistindo as aulas. Com a identificação de dívidas, a faculdade havia cancelado as matrículas das pessoas que estavam com débitos.

Agora, os alunos terão um período de 10 dias, enquanto os casos são analisados. Os estudantes conseguiram emitir as notas fiscais dos pagamentos realizados e os utilizarão para o processo. O centro universitário também alega que foi prejudicado pelo caso e abriu uma investigação interna para apurar o caso.

Segundo as investigações, mais de 500 pessoas foram vítimas do golpe. O prejuízo aos estudantes e à faculdade gira em torno de R$ 1 milhão.

Veja na reportagem do "Por Dentro", da TV Jornal Interior:

Mais Lidas