Crime

Polícia investiga o que motivou morte de radialista em Santa Cruz

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 22/03/2019 às 8:36
NOTÍCIA
Leitura:

Claudemir Nunes foi morto quando saía da rádio em que trabalhava
Foto: reprodução/TV Jornal Interior

O delegado Bruno Machado, que investiga o assassinato de um radialista na tarde dessa quinta-feira (21) em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. Ele acredita que o crime pode se tratar de execução ou latrocínio, já que não havia pertences pessoais com a vítima.

Claudemir Nunes foi morto por trás de uma igreja do município, após sair de uma das rádios que trabalhava no bairro São Cristóvão. Ele foi atingido por seis disparos.

Amigos da vítima disseram na TV Jornal Interior que Claudemir havia mudado o comportamento nos últimos dias. O caso é investigado. O radialista deixa esposa e filha recém-nascida.

Sepultamento

O velório do radialista acontecerá no Clube Ypiranga, em frente à Delegacia Municipal de Santa Cruz do Capibaribe, de onde será levado às 16h para o Cemitério São Judas Tadeu (Cemitério Velho) para ser sepultado. O corpo será liberado nesta sexta-feira (22) do Instituto de Medicina Legal (IML).

Veja na reportagem do "TV Jornal Notícias", da TV Jornal Interior:

Mais Lidas