Petrolina

MPF pede a suspensão do São João de Petrolina no pátio de eventos

Giliard
Giliard
Publicado em 03/05/2019 às 9:03
NOTÍCIA
Leitura:

A medida acontece devido à proximidade do espaço Ana Carrancas com o aeroporto Senador Nilo Coelho.
Foto: Divulgação/Prefeitura de Petrolina

O Ministério Público Federal (MPF) pediu a suspensão do São João de Petrolina no pátio de eventos Ana Carrancas, no Sertão pernambucano. De acordo com o órgão, o município não segue regras de segurança aérea ao realizar as festividades no local, devido a proximidade com o aeroporto Senador Nilo Coelho. A realização de eventos no local comprometeria a visibilidade dos pilotos de avião, podendo causar acidentes.

A solicitação foi feita através de uma ação civil pública ajuizada na 17ª Vara Federal de Petrolina. Caso a justiça não acate o pedido, o MPF vai requerer que eventos só sejam realizados no local após estudos conclusivos da aeronáutica.

Uma audiência de conciliação será realizada na próxima segunda-feira (6), entre representantes da Prefeitura de Petrolina, Ministério Público e o juiz federal Arthur Napoleão Teixeira Filho, responsável pelo caso. Por meio de nota, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Petrolina informou ao Portal NE10 Interior que não recebeu a notificação oficial para a participação da audiência.

Confira a nota na íntegra

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Petrolina informa que ainda não recebeu a notificação oficial para a participação na audiência, mas afirma que sempre procurou o diálogo entre todas as instituições envolvidas - Aeronáutica, Infraero e Ministério Público Federal - no processo de liberação do Pátio de Eventos Ana das Carrancas. A SEDETUR também esclarece que o entendimento entre as partes é indispensável para a realização do São João de Petrolina no pátio de eventos, como ocorre desde 2012.

Ouça a reportagem da Rádio Jornal Petrolina:

Mais Lidas