menu

Silvio Nascimento é o pré-candidato do PSL nas eleições municipais, diz Manoel Santos

Candidato a Deputado Federal em 2018, Silvio Nascimento é o nome do PSL para 2020
Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira (6), o programa "Além da Notícia", com o jornalista Berg Santos, da Rádio Jornal Caruaru, recebeu o Presidente do diretório municipal do Partido Social Liberal (PSL), Manoel Santos. Na ocasião, o gestor falou sobre a perspectiva do partido durante este ano, debatendo a reforma da previdência, a vinda do Presidente Jair Bolsonaro à Pernambuco e até as eleições municipais.

Durante o programa, Manoel Santos revelou que a sigla tem pretensão de candidatura própria nas eleições 2020 e colocou o jornalista Silvio Nascimento como pré-candidato do PSL às eleições municipais de Caruaru.

Segundo Manoel Santos, o jornalista tem perfil para o cargo. "O nome do nosso candidato é Silvio Nascimento. Uma pessoa que já vem de uma experiência positiva na eleição passada, onde teve quase 15 mil votos, tem uma ligação pessoal com Jair Bolsonaro e tem um perfil muito bom, tem conhecimento. Ele hoje seria o nosso nome para representar o partido em uma possível candidatura do PSL em 2020", explicou. Silvio Nascimento foi candidato a Deputado Federal em 2018, obtendo 14.796 votos e não se elegendo para o cargo.

Manoel Santos esclareceu ainda que para o diretório caruaruense do partido, a discussão sobre apoio à outras siglas está fora de pauta. "Não é interesse nosso. Em política a gente nunca pode dizer que isso ou aquilo vai deixar de acontecer, mas não é do nosso interesse", comentou. O gestor esclareceu ainda que o partido está montando um grupo para apresentar uma candidatura competitiva nas principais cidades de Pernambuco.

Visita de Bolsonaro

Sobre a possível visita do Presidente Jair Bolsonaro ao estado de Pernambuco, Manoel Santos esclareceu que ainda não está agendada. "Existe uma expectativa da vinda dele para esse mês, mas essa agenda não é oficial. Existe o desejo dele e existe o convite, mas questões de agenda ainda interferem", explicou.

Além disso, o gestor afirmou que o Presidente está ocupado com o trabalhos internacionais e a demanda de aprovação da Reforma da Previdência.

Reforma da Previdência

Sobre a reforma da Previdência, Manoel Santos disse que o governo "Não está parado". Segundo ele, a prioridade é produzir empregos "O estado não produz, ele gasta o que nós, empresários, trabalhadores e profissionais liberais produzimos. Então a prioridade é conseguir esses empregos e tornar a economia competitiva", comenta.

Ouça a entrevista completa: