Incêndio

Prefeita Raquel Lyra visita espaço atingindo por incêndio na feira da Sulanca

Giliard
Giliard
Publicado em 08/05/2019 às 10:39
NOTÍCIA
Leitura:

Raquel Lyra visitou o espaço na manha desta quarta-feira (8)
Foto: Giovani Gomes/Rádio Jornal Caruaru

A Prefeita do Município de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), visitou na manhã desta quarta-feira (8), a feira da sulanca pela primeira vez desde o incêndio que destruiu barracas na região do Brasilit. Durante o acidente, a gestora estava em Cuiabá, participando de um congresso.

Em entrevista à Rádio Jornal Caruaru, Raquel Lyra, lamentou o ocorrido e disse que a prioridade é ajudar os sulanqueiros a trabalharem já na próxima segunda (13). "Aqui tem pessoas que tem dois, três, quatro bancos, a gente precisa ter a real dimensão do que aconteceu para que a gente possa, junto com eles, fazer o trabalho e garantir que eles possam começar a trabalhar na próxima segunda-feira. Todo o nosso trabalho é para garantir que eles já possam começar a trabalhar na próxima segunda-feira", comentou. Raquel Lyra reforçou também a necessidade de cadastramento dos atingidos, realizado no Espaço Cultural. A medida visa a disponibilização de bancos temporários.

A causa do incêndio, que atingiu cerca de 50 bancos, ainda é desconhecida. No entanto, a perícia, que tem o prazo de 10 dias para ser concluída, trabalha com a possibilidade de curto-circuito na eletricidade do local. Segundo a Prefeita, a situação elétrica da sulanca era de vulnerabilidade.

Raquel afirmou também que já está desenvolvendo um projeto junto à Companhia Energética de Pernambuco (CELPE) para a adequação do local. "A gente tem a sorte de os danos terem sidos somente materiais, sem vítimas humanas, mas é um sinal de que as coisas precisam ser feitas com mais velocidade. A gente tem feito um trabalho junto a Celpe para retirar essas gambiarras, a gente nem sabe exatamente qual a razão do início das chamas, mas a gente sabe que ela podem ter se alastro pelas condições precárias da instalação elétrica daqui", explicou.

A limpeza do local está sendo realizada desde ontem pela Secretaria de Serviços Públicos.

Ouça a entrevista completa:

Mais Lidas