Investigações

Mulher e dois homens alvos da Operação Raposa estão foragidos

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 21/05/2019 às 15:32
NOTÍCIA
Leitura:

Mulheres são maioria entre os presos
Foto: Nayara Vila Nova/TV Jornal Interior

Uma mulher e dois homens alvos da Operação Raposa, deflagrada pela Polícia Federal em Caruaru e São Caetano, no Agreste de Pernambuco, continuam foragidos. Dez dos 13 mandados de prisão preventiva foram cumpridos na manhã desta terça-feira (21) em Caruaru, São Caetano, Bezerros e Limoeiro. A ação contou com a participação de 75 policiais federais e 18 militares.

Foram cumpridos ainda mandados de prisão preventiva nas Penitenciárias Juiz Plácido de Souza, em Caruaru, e Desembargador Ênio Pessoa, em Limoeiro. De acordo com a Polícia Federal, a investigação começou em julho de 2018, quando a quadrilha foi identificada. Durante a apuração, já foram realizadas apreensões de drogas e efetuadas prisões. Mesmo assim, os alvos teria continuado gerenciando o tráfico de dentro dos presídios.

Veja na reportagem do "Por Dentro", da TV Jornal Interior:

Mais Lidas