Policial

PF deflagra operação contra o tráfico de drogas em Caruaru e São Caetano

Giliard
Giliard
Publicado em 21/05/2019 às 7:44
NOTÍCIA
Leitura:

Estão sendo cumpridos 13 mandados de prisão preventiva e 13 de busca e apreensão em Caruaru, São Caetano, Bezerros e Limoeiro
Foto: divulgação/Polícia Federal

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (21) a operação Raposa, com o objetivo de desarticular uma quadrilha voltada para o tráfico de drogas em Caruaru e São Caetano, municípios do Agreste pernambucano. A ação é realizada pela Delegacia de Polícia Federal em Caruaru com o apoio dos batalhões da Polícia Militar em Belo Jardim e Caruaru.

Estão sendo cumpridos 13 mandados de prisão preventiva e 13 de busca e apreensão em Caruaru, São Caetano, Bezerros e Limoeiro. Também estão sendo cumpridos mandados de prisão preventiva nas Penitenciárias Juiz Plácido de Souza, em Caruaru, e Desembargador Ênio Pessoa, em Limoeiro. Desde as 5h, 75 policiais federais e 18 militares atuam nas cidades alvos da operação.

De acordo com a Polícia Federal, a investigação começou em julho de 2018, quando a quadrilha foi identificada. Durante a apuração, já foram realizadas apreensões de drogas e efetuadas prisões. Mesmo assim, os alvos teria continuado gerenciando o tráfico de dentro dos presídios.

Os presos serão levados para a Delegacia da Polícia Federal em Caruaru
Foto: divulgação/Polícia Federal

Cinco a 20 anos de reclusão

Os presos - oito mulheres e cinco homens - serão levados para a Delegacia da Polícia Federal em Caruaru, onde serão indiciados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, cujas penas variam de 5 a 20 anos de reclusão. Em seguida, serão levados para os presídios de cada cidade.

A operação policial foi denominada Raposa fazendo alusão ao município de São Caetano da Raposa, onde grande parte da quadrilha atuava.

Mais Lidas