Suspeita de motivação política

Polícia investiga tortura e tentativa de homicídio contra professor em Orobó

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 22/05/2019 às 8:25
NOTÍCIA
Leitura:

Tadeu Paulo dos Santos Silva, 37 anos, foi torturado e ferido com uma faca e uma arma de fogo
Foto: arquivo pessoal

A Delegacia de Orobó, no Agreste de Pernambuco, está investigando um caso de tortura e tentativa de homicídio contra um professor da rede municipal de ensino de Bom Jardim, também no Agreste. Tadeu Paulo dos Santos Silva, 37 anos, foi atingido por um disparo de arma de fogo na coxa direita e perfurado várias vezes por uma faca na região do abdômen. Além disto, teve um dedo e uma orelha decepados. Ele passou por cirurgia nessa terça-feira (21) no Hospital da Restauração, no Recife.

O crime aconteceu na noite da última segunda (20) em Orobó. De acordo com a Polícia Militar, o professor estava com um colega momentos antes, em um bar da cidade. Quando saíram, foram abordados por homens desconhecidos na altura da comunidade de Serra da Capoeira, onde a vítima mora. Na ação, os suspeitos roubaram o carro do amigo do educador, mas só o professor foi levado pelos criminosos.

Motivação pode ter sido política

Pouco depois, Tadeu foi encontrado às margens da PE-88, já com os ferimentos. Ele foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o hospital municipal de Orobó e transferido para o Recife. A suspeita preliminar é que o crime tenha tido motivações políticas. O professor é concursado da Prefeitura de Bom Jardim e demonstrou desejo em disputar uma vaga na Câmara de Vereadores daquela cidade. Ele também costuma fazer duras críticas à gestão municipal nas redes sociais.

Mais Lidas