Investigação

Casal é preso suspeito de espancar funcionário de faculdade até a morte em Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 23/05/2019 às 11:16
NOTÍCIA
Leitura:

Auxiliar de serviços gerais de faculdade, Jailson Pereira dos Santos, 57 anos, morreu após ser espancado
Foto: arquivo pessoal

Um casal foi preso no fim da tarde dessa quarta-feira (22) em cumprimento a mandados de prisão temporária em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Eles são suspeitos de espancar o auxiliar de serviços gerais de uma faculdade particular de Caruaru, Jailson Pereira dos Santos, 57 anos, conhecido como Bigode. A vítima sofreu as agressões no último sábado (18), e faleceu na última terça (21) no Hospital da Restauração, no Recife. Ele teve traumatismo craniano e hemorragia na cabeça.

De acordo com a Polícia Civil, um dos suspeitos, Wylly Dyon Rik da Silva, é enteado da vítima. A esposa de Wylly, Abigail Félix de Oliveira, também foi presa. O pai de Willy e sogro de Abigail, identificado como Carlos André da Silva, é o terceiro suspeito de envolvimento no crime e está foragido. Segundo as investigações, Jailson cuidava dos filhos do casal, e os considerava como netos.

No dia do crime, os suspeitos estavam bebendo quando a vítima passou pela rua e parou para cumprimentá-los. Carlos teria começado as agressões e derrubado Jailson no chão. Em seguida, o funcionário da faculdade foi espancado por pai e filho. A mulher teria participado do crime como incentivadora das agressões. A suspeita da polícia é de que o crime tenha sido premeditado. O caso continua sob investigação.

"Bigode" receberá homenagem

Funcionário da faculdade há vários anos e muito querido na instituição de ensino, "Bigode" já havia sido escolhido para ser homenageado pela turma de Direito que concluirá o curso no fim do ano. Os alunos decidiram por manter a homenagem, que agora será bem mais emocionante.

Mais Lidas