Câmara de Petrolina

Alepe debate risco de contaminação do rio São Francisco por rejeitos de Brumadinho

Debate foi realizado pela Frente Parlamentar em defesa do Rio São Francisco da Alepe

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 03/06/2019 às 15:20
NOTÍCIA
Thaíse Rocha/Rádio Jornal Petrolina
FOTO: Thaíse Rocha/Rádio Jornal Petrolina
Leitura:

Na manhã desta segunda-feira (3), foi realizada na Câmara Municipal de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, uma audiência pública para discutir o risco de contaminação do Rio São Francisco por rejeitos da barragem de Brumadinho. O debate foi realizado pela Frente Parlamentar em defesa do Rio São Francisco da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

 De acordo Lucas Ramos, deputado estadual e coordenador da Frente Parlamentar, a discussão visa alertar as pessoas que vivem da água do rio. "Petrolina vive exclusivamente do abastecimento de água do rio São Francisco. Seja para o consumo humano, para a cozinha doméstica, agricultura familiar ou para a agricultura irrigável, uma das principais atividades econômicas que geram emprego e renda, não só na cidade como em toda a região do vale do São Francisco. Ninguém quer estar diante da notícia que está consumindo água imprópria ou contaminada. Por isso, hoje, realizamos essa audiência", explicou.

Prioridade

Ainda de acordo com o parlamentar, o debate sobre a saúde do rio é a prioridade dos encontros. A realização dos debates começou no Recife e depois passou pelas cidades Cabrobó e Floresta, municípios que receberam a água do rio São Francisco após a transposição.

Mais Lidas