menu

Dono de circo é investigado por trabalho escravo e estupro contra criança

Trabalho realizado pela menina não foi informado pela Polícia Militar

Crime teria acontecido em Correntes, no Agreste
Crime teria acontecido em Correntes, no Agreste (Reprodução/Google Street View)

A Delegacia de Correntes, no Agreste de Pernambuco, vai investigar um homem suspeito de trabalho escravo e estupro contra uma criança que trabalhava em um circo na cidade. De acordo com a Polícia Militar, foi a irmã da criança que fez a denúncia.

Segundo a irmã da vítima, o suspeito pagava R$ 10 à menina; o trabalho realizado por ela não foi informado pela polícia. Além disto, quando a criança ia ao trailer do suspeito para receber o valor, ele estava vestindo apenas uma cueca e acariciava o corpo dela, ainda de acordo com o relato feito à PM.

Inquérito

O suspeito, a menina e a irmã dela foram levados para a 18ª Delegacia Seccional de Garanhuns. Um inquérito por portaria foi aberto para apurar o caso.