Investimento

Abraham Weintraub toca gaita em primeira visita oficial ao Nordeste

Ministro da Educação anunciou um pacote de investimentos no valor de R$ 5,7 milhões para Petrolina

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 17/06/2019 às 12:30
NOTÍCIA
Jonas Santos/Divulgação
FOTO: Jonas Santos/Divulgação
Leitura:

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou um pacote de investimentos no valor de R$ 5,7 milhões para Petrolina, no Sertão de Pernambuco, na manhã desta segunda-feira (17). O recurso será destinado para a construção de uma escola municipal no bairro Quati e a instalação de sistemas de ar-condicionado em salas de aula em 20 escolas da cidade, além da compra de outros equipamentos para o ensino.

Esta foi a primeira agenda oficial do ministro no Nordeste. Durante a cerimônia na Fundação Nilo Coelho, o ministro revelou que já havia passado por Petrolina há cerca de 30 anos e muito mudou. O ministro recebeu alunos do município, que exibiram um braço mecânico produzido em aulas de robótica da cidade.

"Um aluno formado no instituto consegue gerar riqueza, consegue ter emprego, consegue mudar a realidade da família dele e do entorno dele", defendeu o ministro. Para ele, os institutos federais são prioritários na gestão. Abraham Weintraub chegou a tocar gaita no fim do discurso. A música escolhida foi "Baião", de Luiz Gonzaga.

Além dos recursos para Petrolina, o ministro anunciou R$ 2,1 milhões para mobília, instrumentos musicais e climatização de escolas nos municípios de Afrânio, Araripina, Bodocó, Dormentes e Serrita. Também foram liberados investimentos para o campus do Instituto Federal (IF) do Sertão em Ouricuri.

Cerimônia foi realizada na Fundação Nilo Coelho, em Petrolina
Cerimônia foi realizada na Fundação Nilo Coelho, em Petrolina
Jonas Santos/Divulgação

Vale do São Francisco

Desde o início do governo de Jair Bolsonaro (PSL), Weintraub é o terceiro ministro a visitar a cidade do Vale do São Francisco; depois dos ministros Gustavo Canuto, do Desenvolvimento Regional, e Tereza Cristina, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Além deles, o próprio presidente Bolsonaro esteve em Petrolina.

Mais Lidas