menu

Mulher que morreu após levar choque será sepultada nesta terça-feira

Valdilane Gomes de Moura, 27 anos, tentou ligar a bomba d'água em uma extensão, cujo fio estava desencapado

Valdilene era casada e tinha um filho de seis anos
Valdilene era casada e tinha um filho de seis anos (Reprodução/TV Jornal Interior)

O corpo da mulher que morreu após levar um choque ao ligar uma bomba d'água no Sítio Lagoa Três Irmãos, na zona rural de Riacho das Almas, no Agreste de Pernambuco, será sepultado nesta terça-feira (18), às 15h, no Cemitério São Sebastião, na Vila de Trapiá. O velório aconteceu na casa dos pais dela, no Sítio Lagoa Três Irmãos.

Valdilane Gomes de Moura, 27 anos, tentou ligar a bomba d'água em uma extensão, cujo fio estava desencapado, na noite do último domingo (16). O marido puxou o fio da mão dela. Os familiares chegaram a tentar socorrê-la para o hospital local, mas ela já chegou morta.

"Ela veio ligar a bomba, só que a gente não sabia. Aí daqui a pouco a gente escutou um grito, ela deu um grito pedindo socorro. Quando a gente deu a volta, ela tava caída", contou o cunhado da vítima.

Mulher levou choque ao tentar ligar bomba d'água na extensão
Mulher levou choque ao tentar ligar bomba d'água na extensão
Reprodução/TV Jornal Interior

Valdilane era casada e tinha um filho de 6 anos. "Trabalhava com costura, vivia com o esposo, vivia bem. Era uma pessoa que sempre pensava no futuro", lamentou o tio da vítima, José Gomes.

Veja na reportagem do "TV Jornal Notícias", da TV Jornal Interior:

Mulher que morreu após levar choque será sepultada nesta terça-feira

TV Jornal Notícias
  • 18/06/2019 10:57
O corpo da mulher que morreu após levar um choque ao ligar uma bomba d'água no Sítio Lagoa Três Irmãos, na zona rural de Riacho das Almas, no Agreste de Pernambuco, será sepultado nesta terça-feira (18), às 15h, no Cemitério São Sebastião, na Vila de Trapiá. O velório aconteceu na casa dos pais dela, no Sítio Lagoa Três Irmãos. 2 minutos e 38 segundos