Fatalidade

Mulher encontrada morta em Caruaru morreu devido a infarto, diz PM

Familiares disseram que ela havia sido agredida pelos policiais

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 02/07/2019 às 9:56
NOTÍCIA
Hemerso Rennan
FOTO: Hemerso Rennan
Leitura:

A mulher que foi encontrada morta nessa segunda feira (1º) no bairro João Mota em Caruaru, agreste pernambucano, morreu devido a um infarto. A informação foi confirmada pelo tenente coronel Flávio Bantim, comandante do 1 º BIESP.

No dia da morte, familiares da vítima, Mônica Dayane da Silva, de 27 anos, disseram que ela havia sido agredida por policiais.

O tenente coronel Flávio Bantim, em entrevista à Rádio Jornal Caruaru, explicou: "Ocorreu na verdade uma fatalidade, não há correlação da morte dessa jovem com a ação policial. Ela morreu em virtude de um infarto".

Vítima já havia sido presa

O tenente afirmou ainda que Mônica Dayane reagiu à abordagem e foi necessário o uso de força para contê-la. Ela era consumidora de cocaína e já havia sido presa por tráfico, ainda segundo informações dele.

De acordo com a Secretaria de Saúde, a mulher deu entrada na UPA da Boa Vista no último domingo (30) com uma crise de asma. Ela foi atendida, medicada e liberada. Depois, a vítima foi para casa e faleceu.

Mais Lidas