menu

Oito envolvidos na morte de PM são mortos durante operação na Paraíba

Ação contou com a participação de policiais militares de Pernambuco e da Paraíba

Operação foi realizada por policiais militares de Pernambuco e da Paraíba
Operação foi realizada por policiais militares de Pernambuco e da Paraíba (Nayara Vila Vila/TV Jornal Interior)

Oito suspeitos de envolvimento na morte do policial militar André José da Silva, 32 anos, nesta segunda-feira (1º), em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco, foram mortos durante confronto com a Polícia Militar entre Barra de São Miguel e Riacho de Santo Antônio, na Paraíba, na manhã desta terça-feira (2).

De acordo com a polícia, os mortos são seis homens e duas mulheres. Entre os homens há um vereador do município de Betânia, no Sertão. Ele teria ido ao local para resgatar o irmão, que seria um dos líderes da quadrilha. A Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE) revelou que os envolvidos são parte de uma quadrilha especializada em roubos a bancos. Os corpos foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Cruz do Capibaribe e em seguida para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

Quatro pessoas participaram da investida contra o mercado e o policial. Os outros envolvidos teriam participado do resgate do grupo criminoso. A operação foi integrada e contou com a participação da Polícia Militar de Pernambuco e da Paraíba. Dois helicópteros do Grupo Tático Aéreo (GTA) deram apoio à ação.

O sepultamento do policial foi realizado na tarde desta terça no cemitério de Santa Maria do Cambucá. O policial recebeu homenagens por parte de colegas de farda. Mais cedo, no velório, a viúva, ainda bastante abalada, contou que ser PM era um sonho realizado pelo marido. Dímitra Silva revelou ainda sobre como vai lembrar de André Silva: "Com amor, meu eterno guerreiro, minha vida. Para sempre um guerreiro". Ela passou o velório abraçada com a farda do soldado.

Entenda o caso

Soldado André Silva, 32 anos, foi morto durante troca de tiros com criminosos em Santa Cruz do Capibaribe
Soldado André Silva, 32 anos, foi morto durante troca de tiros com criminosos em Santa Cruz do Capibaribe
Reprodução/NE10 Interior

Na tarde dessa segunda, quatro homens armados assaltaram uma casa lotérica e um mercado no bairro Dona Lica, em Santa Cruz do Capibaribe, e foram perseguidos por uma viatura da Polícia Militar. A viatura foi atingida por vários disparos. O soldado André José da Silva, 32 anos, que dirigia a viatura, foi ferido e não resistiu. O corpo dele foi velado pela manhã na zona rural de Santa Maria do Cambucá.

Já o PM que estava no banco do passageiro, Moacir Pereira, 47, ficou ferido, mas conseguiu sair do veículo. Ele foi levado para a UPA de Santa Cruz do Capibaribe para receber atendimento e depois transferido para o Hospital Regional do Agreste (HRA), onde se recupera. Os assaltantes fugiram. O carro deles foi encontrado abandonado em Barra de São Miguel, na Paraíba.