menu

Prefeito de Betânia lamenta morte de vereador em confronto com a PM na Paraíba

Vereador Andson Berigue de Lima, 29 anos, do PP, está entre oito mortos durante operação policial

Vereador Nanaca (PP) está entre os envolvidos mortos
Vereador Nanaca (PP) está entre os envolvidos mortos (Divulgação/Câmara de Betânia)

O prefeito de Betânia, no Sertão de Pernambuco, Mário Gomes Flôr Filho (PTB), divulgou uma nota de pesar lamentando a morte do vereador e servidor público municipal Andson Berigue de Lima, 29 anos, do PP, morto durante confronto com a Polícia Militar na Paraíba, nessa terça-feira (2).

Na nota, o prefeito não cita o confronto da polícia e diz que Nanaca, como era conhecido o vereador, "foi um grande parlamentar que muito contribuiu para população e política do município". A nota termina com votos de solidariedade e condolências.

De acordo com a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE), o vereador Andson teria ido resgatar o irmão, conhecido como Galego de Lena, possível participante do assalto contra uma casa lotérica e um supermercado e do homicídio contra um policial em Santa Cruz do Capibaribe.

Galego de Lena seria o líder da quadrilha, que é formada ainda por um primo deles, conhecido como Edys de Gevan. Segundo a Polícia Militar, Nanaca estava armado e efetuou disparos contra a polícia. Ele foi eleito com 482 votos na cidade de 12 mil habitantes.

Vereador entre os oito mortos pela PM

O vereador está entre os oito suspeitos de envolvimento na morte do policial militar André José da Silva, 32 anos, nesta segunda-feira (1º), em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco, mortos durante confronto com a Polícia Militar entre Barra de São Miguel e Riacho de Santo Antônio, na Paraíba, na manhã desta terça-feira (2).