Transporte Coletivo

Passagens de ônibus devem aumentar para R$ 3,30 em Caruaru

A tarifa deve passar por um reajuste de 5% a partir de domingo (21)

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 19/07/2019 às 8:35
NOTÍCIA
Jefferson Nascimento
FOTO: Jefferson Nascimento
Leitura:

O valor das passagens de ônibus em Caruaru, no agreste pernambuco, passará a ser R$ 3,30. O reajuste foi discutido nessa quinta-feira (18) durante uma reunião extraordinária do Conselho Municipal de Trânsito (COMUT), na sede da Destra. O reajuste será de 5% a partir de domingo (21).

Representantes da Associação das Empresas de Transportes de Passageiros de Caruaru (AETPC), representantes dos estudantes e de associações estiveram presentes na discussão. O último aumento nas passagens do transporte coletivo foi aprovado em fevereiro do ano passado, quando a tarifa passou de R$ 2,60 para R$ 3,15 (valor atual).

Para a presidente da União dos Estudantes Secundaristas de Caruaru (UESC), Leni Correia, os estudantes estão sendo prejudicados porque não há perspectivas de melhora dos serviços das empresas de ônibus. "É um aumento abusivo para nós. Um aumento, inclusive, ilegal porque os empresários do transporte alegam que estão em crise mas sequer mostram a planilha de custos e lucros. O transporte é concessão pública, então a população precisa saber. Todos os anos quando vão aumentar as passagens, alegam que vão construir integração, que vão melhorar o transporte público e não é isso que o trabalhador e que a juventude que usa o transporte público tem", explica Leni.

De acordo com o representante das empresas de ônibus, o contrato de concessão de transporte de passageiros prevê um reajuste anual e o valor atual das passagens estava defasado. "Isso foi uma aplicação de um percentual que está aquém do que a gente imagina para equilibrar o sistema. A construção de toda a solução para transporte passa pelo planejamento e a integração é uma delas. Existe a intenção de se construir isso (a integração), mas tem que se trabalhar para que isso aconteça na cidade de Caruaru", conta Ricardo Henrique, diretor institucional da AETPC.

Veja o vídeo:

Mais Lidas