Assembleia

Trabalhadores dos Correios podem deflagrar greve a partir desta quinta

Em âmbito nacional, a categoria já deflagrou greve

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 31/07/2019 às 9:37
NOTÍCIA
Marcelo Camargo/Agência Brasil
FOTO: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Leitura:

O Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos de Pernambuco (Sintect-PE) realiza na noite desta quarta-feira (31), a partir das 18h30, uma assembleia geral na sede da entidade, no Recife, e nas subsedes em Caruaru, no Agreste, e Petrolina, no Sertão. Na reunião, a categoria vai deliberar ou não pela greve geral por tempo indeterminado a partir de 0h desta quinta-feira (1º/08). Em âmbito nacional, os funcionários já deflagraram greve.

Na ocasião, também será feita uma avaliação das campanhas salarial e contra a privatização dos Correios, defendida pelo governo Bolsonaro. Segundo a diretoria executiva do sindicato, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) ainda não apresentou o índice de reajuste econômico.

De acordo com o sindicato, a empresa também quer reduzir o número de tickets-alimentação e implantar o cartão de ponto. Na avaliação do sindicato, na atual conjuntura de déficit de funcionários, isto acarretará em mais sobrecarga de trabalho.

Os trabalhadores dizem que não aceitam as alterações no Acordo Coletivo de Trabalho, a retirada de direitos e são contra a privatização dos Correios. Eles esperam que a empresa apresente uma proposta digna, caso contrário a greve será deflagrada.

Mais Lidas