Decreto

Uso de papel deve ser extinto nas repartições municipais de Petrolina

Previsão é economizar R$ 4 milhões e deixar de consumir 2,5 milhões de folhas de papel por ano

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 02/08/2019 às 12:00
NOTÍCIA
Alexandre Justino
FOTO: Alexandre Justino
Leitura:

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, assinou um decreto nesta quarta-feira (31) para extinguir o uso de papel nas repartições municipais da cidade. A plataforma, denominada "Petro Online", substituirá a obrigação de emitir documentos impressos como ofícios, circulares, licitações e outros. A previsão é economizar cerca de R$ 4 milhões e deixar de consumir 2,5 milhões de folhas de papel por ano. A medida começa a ser implantada nesta semana nas secretarias.

É a primeira vez que um município pernambucano adota o modelo 100% digital para as repartições municipais. Os servidores da prefeitura vão trabalhar com envio e recebimento de documentos pela internet e por uma plataforma de dados digital ao invés de imprimir. A assinatura com caneta será trocada por um carimbo digital do funcionário público responsável.

A medida também vai garantir agilidade no andamento dos trâmites burocráticos e reduzirá em até 700% o tempo de espera do cidadão para receber respostas da prefeitura. "Estamos investindo na inovação, na preservação do meio ambiente e num serviço com menos burocracia e mais facilidade para a população", explicou o prefeito Miguel Coelho.

Mais Lidas