Áreas de risco

Moradores de Belém de Maria perdem o sono com medo de deslizamentos

Cerca de 90% da população da cidade de 12 mil habitantes mora em áreas de risco

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 07/08/2019 às 12:26
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

Os moradores de Belém de Maria, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, estão perdendo o sono neste período de chuvas. O motivo é que cerca de 90% da população de 12 mil habitantes, da cidade e do distrito de Batateiras, mora em áreas de risco, seja próximo a rios ou encostas.

Mas a grande preocupação é a possibilidade de deslizamento de barreiras, um risco que pelo menos mil famílias corre. Cerca de 120 casas no distrito de Batateiras estão nessa situação.

"Nós realmente temos um problema muito grande no município que é nossa geografia, que é muito desfavorável. Nossas famílias residem próximas de rios ou de encostas, e quando chega o período chuvoso como este que estamos vivendo agora, a dificuldade é muito grande em também orientar essas famílias, porque alguns resistem", revelou o coordenador da Defesa Civil de Belém de Maria, Natanael José.

Algumas barreiras com risco de deslizamento tem entre 15 e 17 metros de altura. "Do jeito que caiu uma vez uma barreira aqui, a vizinha gritou e ninguém dormiu mais, derrubou a metade de casa dela, caiu um pouco de terra de lá para cá", conta o agricultor Walter Manoel, que passou a madrugada acordado após o fato.

Outra moradora, conhecida como "Dona do Ó", também fica com medo de um possível deslizamento em frente à casa dela. "Eu saí, estava em casa com meu menino, quando chamei ele a água estava com aquelas bicas derramando por dentro da barreira", relatou.

Mais Lidas