menu

Suspeitos de envolvimento na morte de menino em Garanhuns brigam e um morre em presídio

A causa da morte do suspeito ainda não foi identificada e o caso está sendo investigado

Lucas Vinícius está desaparecido desde segunda-feira em Garanhuns
Lucas Vinícius está desaparecido desde segunda-feira em Garanhuns (Reprodução / Arquivo pessoal)

Um dos suspeitos de envolvimento na morte de Lucas Vinícius foi encontrado morto no Presídio Advogado Brito Alves, em Arcoverde, no Sertão de Pernambuco, na manhã desta quarta-feira (7). Segundo informações da Polícia Civil, Luciano de Jesus, 40 anos, teria ficado ferido após uma briga com o outro suspeito do caso, Lucas da Silva, 18 anos, mas foi atendido e liberado apenas com ferimentos leves. Após o acontecimento, Luciano foi encontrado morto. 

Veja também

A causa da morte do suspeito ainda não foi identificada. O caso está sendo investigado. Os suspeitos haviam sido transferidos do presídio de Garanhuns, no Agreste, para uma unidade prisional de Arcoverde, no Sertão, após serem agredidos por presos. 

A Secretaria Executiva de Ressocialização informou por meio de nota que Luciano Jesus passou mal na cela em que estava no início da semana e foi socorrido para uma unidade de saúde. Após o atendimento, ainda segundo a Seres, ele retornou ao presídio e faleceu na madrugada dessa quarta-feira (7). O Instituto de Criminalística e a Delegacia de Arcoverde foram acionados para realizar as investigações.

Relembre o caso

Lucas Vinícius havia saído da casa dos avós no bairro Novo Heliópolis, em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, no dia 15 de julho para levar um recado em um ferro velho próximo de casa e não retornou. No dia 20 de julho, o corpo dele foi encontrado em estado de decomposição em um terreno baldio. O laudo tanatoscópico feito pelo Instituto de Medicina Legal (IML) constatou que a causa da morte foi "traumatismo craniano proveniente de ação contundente", segundo o Delegado Eric Costa. No dia 1º de julho, após serem presos por suspeita de estupro, os homens confessaram ter envolvimento na morte do menino.