menu

Patrulha Municipal Maria da Penha é lançada em Caruaru

Iniciativa tem o objetivo de contribuir com ações de segurança no enfrentamento à violência contra mulher

Patrulha Municipal Maria da Penha é lançada em Caruaru
Patrulha Municipal Maria da Penha é lançada em Caruaru (Jorge Farias)

A Prefeitura de Caruaru, no agreste pernambucano, lançou nessa quarta-feira (7) a primeira Patrulha Municipal Maria da Penha. O lançamento ocorreu durante o seminário de comemoração ao aniversário de 13 anos da Lei Maria da Penha. A iniciativa busca contribuir com as ações de segurança no enfrentamento à violência contra mulher.

O acompanhamento das visitas regulares às usuárias atendidas pela Secretaria de Políticas para Mulheres está entre as atribuições da patrulha. “É mais um instrumento que vem para garantir o direito das mulheres, fortalecer esta política e mostrar para as mulheres caruaruenses que elas podem sim enfrentar a violência e que elas podem se sentir seguras em procurar acolhimento, informações sobre direitos e também denunciar”, explicou a secretária de Políticas para Mulheres, Juliana Gouveia.

A Patrulha Municipal Maria da Penha trabalhará em conjunto com a Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM), a Secretaria de Ordem Pública (Secop) e a Autarquia Municipal de Defesa Social, Trânsito e Transporte (Destra), através da Guarda Municipal.

Seminário

O evento do seminário de comemoração contou com a participação de mais de 400 pessoas, que puderam conferir a palestra “Como morre uma mulher?”, ministrada pela doutora em sociologia pela Universidade de Pernambuco, Ana Paula Portella.

Para a agricultora Maria do Carmo, da comunidade rural de Serra Verde, distrito de Caruaru, a palestra a ajudou a conhecer mais sobre direitos das mulheres. “O que eu aprendi aqui vou levar para as mulheres da comunidade que moro, para elas enfrentem a violência e não sofram mais”, contou ela.