Final

Atirador de elite atinge suspeito de sequestro a ônibus no Rio de Janeiro

Após quatro horas de sequestro, situação chega ao fim para 37 reféns

Antonio Virginio Neto
Antonio Virginio Neto
Publicado em 20/08/2019 às 9:34
NOTÍCIA
Reprodução/TV Globo
FOTO: Reprodução/TV Globo
Leitura:

Um atirador de elite da Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro atingiu o homem suspeito de sequestrar um ônibus na Ponte Rio-Niterói na manhã desta terça-feira (20). O sequestrador se dirigia à saída do veículo para negociar quando o policial, localizado em cima de um caminhão do corpo de bombeiros, realizou cerca de sete disparos.

O suspeito morreu no local. De acordo com a Polícia, após a ação foi detectada que a arma que o sequestrador utilizava era de brinquedo. Ao todo, o sequestro durou 4 horas.

Entenda o caso

Por volta das 6h da manhã desta terça-feira (20), um homem armado que estava dentro de um ônibus que se dirigia sentido Ponte Rio-Niterói, obrigou o motorista a atravessar o coletivo na pista. O suspeito teria se identificado como policial militar e ameaçado colocar fogo no ônibus com um galão de gasolina que levava.

A ocorrência policial interditou a pista no sentido Rio, obrigando motoristas que se dirigiam para o Rio a voltar.

Segundo autoridades, cerca de 37 pessoas foram feitas de reféns no ônibus. Seis já haviam sido liberadas quando o sequestrador foi morto.

Mais Lidas