Justiça

Audiência de instrução do caso de garçom morto na Má Fama é realizada em Caruaru

Renan da Silva Melo, 25 anos, foi morto no dia 28 de outubro de 2018, quando saía do trabalho

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 21/08/2019 às 16:01
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

Uma audiência de instrução e julgamento do caso do garçom Renan da Silva Melo, 25 anos, foi realizada na manhã desta quarta-feira (21) em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. O garçom foi morto no dia 28 de outubro de 2018, quando saía do trabalho na Rua Silvino Macedo, conhecida como Rua da Má Fama.

Na ocasião, um grupo de adolescentes foi baleado após uma discussão da qual o garçom não fazia parte. Na hora que deixava o local, ele teria dito algo que desagradou o atirador, que efetuou um disparo no peito dele. Renan não resistiu e morreu no local.

Os réus são os irmãos Willames Henrique da Silva e Gustavo Henrique da Silva, de 19 e 23 anos. Eles e um adolescente, que não pode ter o nome divulgado, foram presos em março deste ano.

Testemunhas

Ao todo, 15 testemunhas de defesa e acusação foram ouvidas na audiência. Entre as pessoas presentes estavam vítimas dos disparos de arma de fogo. O juiz responsável pelo caso é Augusto César.

Mais Lidas