Descaso

Obra inacabada causa insegurança em bairro de Caruaru

Obra está avaliada em mais de R$ 400 mil reais

Levi Xavier
Levi Xavier
Publicado em 03/09/2019 às 18:04
NOTÍCIA
Reprodução/O Povo na TV/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/O Povo na TV/TV Jornal Interior
Leitura:

Uma unidade de acolhimento localizada no bairro das Rendeiras, em Caruaru, no agreste de Pernambuco, está inacabada. O valor da obra é estimado em mais de R$ 400 mil reais, e o centro deveria atender o público Infanto-Juvenil.

Segundo os moradores, o espaço está sendo usado por criminosos e usuários de drogas. De acordo com a estudante Jade Ramos, já se passaram vários meses e nada mudou. "No mês de julho, se não me engano, foi prometido iluminação pública e uma melhor condição do local, e uma resposta do que seria o centro de reabilitação de dependentes químicos, só que na verdade nada mudou", disse.

Segundo o Secretário Executivo de Planejamento e Gestão da Saúde de Caruaru, Anderson Oliveira, o terreno foi doado ao município pela Pernambuco Participação Investimento (Perpart), que é uma empresa estadual sobre governança da Secretaria de Administração do Estado, e existe um impasse entre ela e a Caixa Econômica Federal, o que resultou na paralisação da obra, até que a documentação fosse regularizada.

"No último dia 21 de agosto, nós solicitamos ao cartório o documento de posse do terreno. O cartório nos deu 15 dias úteis, e assim que tivermos a posse, vamos ao Ministério da Saúde e assim ter a liberação da segunda parcela da obra", finalizou.

Confira na reportagem do 'O Povo na TV' programa da TV Jornal Interior

Mais Lidas