Apropriação indébita

Ex-prefeito de Belo Jardim, João Mendonça é condenado a 37 anos de prisão

Defesa do ex-prefeito recorreu da decisão; recurso ainda será julgado

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 09/09/2019 às 16:08
NOTÍCIA
Reprodução/NE10 Interior
FOTO: Reprodução/NE10 Interior
Leitura:

A Vara Criminal de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, condenou o ex-prefeito do município João Mendonça Bezerra Jatobá, a 37 anos de prisão.

De acordo com o Tribunal de Justiça (TJPE), a condenação é por uma acusação de apropriação indébita de valores descontados de servidores municipais que fizeram empréstimo consignado.

Ainda segundo a Justiça, a acusação é de que a prefeitura teria feito o desconto no contracheque dos servidores em 2003 e 2004 e o então prefeito não teria repassado os valores para o banco.

Defesa recorreu da decisão

João Mendonça foi condenado a pena de reclusão, inicialmente em regime fechado, e ao pagamento de multa no valor de R$ 150 mil. A defesa do ex-prefeito recorreu da decisão e o recurso está na Câmara Regional de Caruaru para ser julgado.

Mais Lidas