menu

Moradores voltam a cobrar água na zona rural de Caruaru

Em alguns locais a água chegou, outros não

Moradores voltam a cobrar água na zona rural de Caruaru
Moradores voltam a cobrar água na zona rural de Caruaru (Reprodução/ O Povo na TV/ TV Jornal Interior)

A zona rural de Caruaru, no agreste de Pernambuco, foi informada na semana passada pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) que o abastecimento nessas localidades voltaria a ser através das torneiras.

Os sítios de Cachoeira Seca e Lajes foram os primeiros a receber o abastecimento. Segundo a agricultora Valquíria Oliveira, em Cachoeira Seca não chegava água há dois meses. "Muita gente aqui estava sem. Estávamos pegando da cisterna da operação pipa".

De acordo com os moradores do sítio Lajes, mesmo sendo um dos primeiros a ser reabastecido, a água ainda é escassa. É o que afirma a aposentada Josefa Bezerra. "Pagamos certo, mas não sei qual a razão disso tudo. Era pra ter chegado água em 28 de agosto, mas não chegou de jeito nenhum", disse.

No loteamento José Belmiro, a água ainda não chegou, de acordo com o gesseiro João Manoel. "Somos cidadãos de bem, pagamos impostos, mas, infelizmente a Compesa não distribui com a contribuição certa, e ainda quer receber o papel de água todo mês'', disse.

O abastecimento dessas áreas pela rede tinha sido suspenso no final de agosto após a Companhia anunciar que a água da zona rural seria utilizada para abastecer Santa Cruz do Capibaribe. Mas, após estudos, a Compesa voltou atrás e retomou o fornecimento.

Com o novo calendário de rodízio, o fornecimento de água será cinco dias com e 15 sem.

Confira na reportagem do 'O Povo na TV' programa da TV Jornal Interior 

Moradores voltam a cobrar água na zona rural de Caruaru

Povo na TV
  • 10/09/2019 17:37
A zona rural de Caruaru, no agreste de Pernambuco, foi informada na semana passada pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) que o abastecimento nessas localidades voltaria a ser através das torneiras. 2 minutos e 51 segundos