Solidariedade

Projeto da Apae possibilita apadrinhamento de crianças em Caruaru

Padrinho irá colaborar com as necessidades da criança ou do adolescente

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 11/09/2019 às 15:38
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

O programa "Adote uma criança especial" tem o objetivo de contribuir financeiramente com as crianças e adolescentes que dependem do tratamento e auxílio da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) em Caruaru, no Agreste de Pernambuco.

"Você vai ajudar, colaborar, a pessoa ter a garantia dos seus direitos, crescer saudável, estar no meio social, ter os seus atendimentos básicos normatizado em diversos segmentos", explica a presidente da Apae Caruaru, Graça Mendes.

Mãe de Bruna Soraia, que é atendida pela Apae, Vera Marinho conta que a filha está com vários problemas de saúde. Ela precisa fazer uma cirurgia para corrigir o maxilar. Exames também identificaram outros problemas e os tratamentos são caros. "Seria de uma ajuda muito grande", pontuou.

O programa também ajudaria Rian, filho de Grinauria Mendes, a ter momentos de lazer. A mãe dele não trabalha e tem apenas o benefício do menino para as despesas dele e da casa. "Todas as despesas para um salário mínimo, não dá para quem paga aluguel, água, energia, alimentação", lamentou.

Participe

A pessoa que desejar apadrinhar uma criança ou adolescente da Apae deve ir à instituição, de forma presencial, mas é preciso marcar horário antes. Os números são (81) 3046.4576 e 9.9900.1254. Não há um valor fixo para contribuir.

Mais Lidas